1.9.11

game over

confusa, perdida sem saber o meu rumo eu tento encontrar-te nas minhas mágoas. começo a enlouquecer, preciso de ti, do teu ar, do teu sangue e perdi-te nas minhas memórias, perdi-te no meio de tantas palavras que para ti escrevo, que para ti leio.
sinto-me insegura, em riscos de cair e nunca mais me levantar, agarra-me, alivia-me esta dor, alimenta esta chama enquanto baralho as cartas do teu jogo, e na hora certa, no sitio certo eu vou-te encontrar e vou jogar o meu ás, e aí vai ser game over para ti.

Sem comentários:

Enviar um comentário